05 fevereiro 2014

Hot Western

Eu adoro o estilo despreocupado e pouco óbvio, e isso não é nenhuma novidade.

Cheguei ao ponto de assumir que eu sou apaixonada pelos looks de filme ala Django Livre - btw, baita filme - e dou graças por existir uma versão mais 2014 desse estilo cowgirl.
O western/country sempre apareceu em botas, bolsas e demais acessórios na moda do hemisfério norte mas, nos últimos tempos, a tendência que se volta à vida do interior no centro-oeste americano, tem se modernizado e ganhado os olhares em grifes e passarelas. O mundo da moda e toda a sua incrível mágica de transformação que consegue fazer com que tudo faça parte do mundo de todos.




A fabulosa estilista Isabel Marant foi uma das pioneiras quando o assunto se trata de moda country nas passarelas em um de seus desfiles, ocorrido em Paris. Outros grandes nomes também adotaram a ideia rapidamente, como Roberto Cavalli e Emilio Pussi.
Mas ok, vou falar logo: você aí que é super vintage e adoro brincar de ser folk de vez em quando: wester você, você western.




O western moderno pega toda essa ideia do folk e, com estampas florais e étnicas, apresenta uma maior sofisticação. As peças chaves ficam por conta de saias longas, calças pantalonas e cintura alta/marcada. O jeans é um super coringa e se encaixa muito bem nesse estilo cowboy.
Mix de estampas vintages com ares aventureiros, e um mescla de cores variadas como tons terrosos, cáqui, caramelo, laranja e vermelho, que dão uma vida ao look e, como eu gosto de falar, "tem cara de por do sol". Acessórios como mix de pulseiras, colares longos, muitos muitos chapéus e bolsa de alças longas sempre caem bem. E claro, coisas óbvias porém lindas como franjas e muitos anéis.







Então, pronta para passar na locadora, locar alguns filmes de faroeste e passar a tarde estudando a tendência? Hahaha tô brincando, apenas quero dizer que é super fácil de conseguir referências para montar seu look western, e assim como os filmes de faroeste, sites como tumblr e weheartit, são ótimas ferramentas para essa busca.


Sempre,
A Tulista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vale rir, chorar e opinar.