19 maio 2013

Tela de Cinema: A Arte Da Conquista

Olá leitores! Como estão?
Então gente, hoje é a estréia de uma nova TAG! A Tela de Cinema! Essa tag vai falar sobre alguns filmes que eu já assisti e que super recomendo. E como é um tema novo, espero que vocês deixem seus comentários no final do post, para ver se vocês gostaram, se acharam uma boa ideia. Aliás, estou criando a tag por causa de muitas leitoras que pediram para ler sobre filmes, músicas e tudo mais aqui :)
Para a estreia, escolhi um filme que eu adoro: A Arte da Conquista.


Esse filme é bem do estilo que eu e meu irmão - Bruno, 17 anos - gostamos. Adoramos assistir filmes juntos, de todos os tipos, mas um gênero que gostamos bastante é esse de filmes bonitinhos, com algumas metáforas e adolescentes incríveis, e não aqueles filmes de adolescentes colegiais que usam roupa de líder de torcida e/ou jogador de futebol americano (mesmo eu ainda gostando desse tipo de filme também, hehe).
O personagem principal do filme é o George Zinavoy, interpretado pelo ator Freddie Highmore, ou como eu e meu irmão chamamos, "o gurizinho de A Fantástica Fábrica de Chocolate", até porque sim, ele realmente é quem interpreta o garoto da fábrica de chocolate, o Charlie, mas agora ele está bem crescidinho hehe. E a mocinha do filme, porem valente, é a Sally Howe, interpretada por ninguém menos, ninguém mais, do que Emma Roberts.


George acredita em suas teorias de que o homem nasce sozinho e morre sozinho, o resto é tudo distração, e por esse motivo não é uma pessoa muito social, e não vai muito bem nas matérias escolares. Mas todo esse pensamento começa a ficar destruído e sem sentido quando ele conhece Sally, uma garota de sua escola. Com ela, as coisas começam a ficar totalmente diferentes. Ele começa a se abrir mais para tentar novas amizades, vai atrás das atividades da escola e mais do que qualquer coisa, compartilha tudo com ela.
Georde, que gostava muito de artes, começou a se encontrar com um professor, Dustin (Michael Angarano), que no começo ajuda muito dando dicas sobre desenhos à George, mas tudo muda quando se incia um triangulo amoroso envolvendo Sally. Tudo isso deixa a vida de George totalmente virada de ponta cabeça, ainda com problemas com sua família.
O que eu achei lindo no filme é a personalidade dos personagens. Todos muito fortes, te faz querer torcer por eles.
Veja o trailer do filme:






O filme, além de lindo, te faz pensar bastante, te toca lá no fundo, e ao mesmo tempo é um filme bem leve, e que dá gostinho de "quero mais".
Nessa tag nova, vou tentar falar de filmes de diferentes gêneros, para agradar a todos.

O que acharam, apoiam o novo assunto?

Muitos, muitos, beijos!


2 comentários:

Vale rir, chorar e opinar.